detalhes

FIAT - 147 - 1980/1980 - Amarelo - Sob Consulta
FIAT - 147 - 1980/1980 - Amarelo - Sob Consulta
FIAT - 147 - 1980/1980 - Amarelo - Sob Consulta
FIAT - 147 - 1980/1980 - Amarelo - Sob Consulta
FIAT - 147 - 1980/1980 - Amarelo - Sob Consulta
FIAT - 147 - 1980/1980 - Amarelo - Sob Consulta
FIAT - 147 - 1980/1980 - Amarelo - Sob ConsultaFIAT - 147 - 1980/1980 - Amarelo - Sob ConsultaFIAT - 147 - 1980/1980 - Amarelo - Sob ConsultaFIAT - 147 - 1980/1980 - Amarelo - Sob ConsultaFIAT - 147 - 1980/1980 - Amarelo - Sob ConsultaFIAT - 147 - 1980/1980 - Amarelo - Sob Consulta

147

dados do veículo

Marca: FIAT

Modelo: 147

Ano: 1980/1980

Cor: Amarelo

Combustível: Gasolina

Câmbio: Manual

Portas: 2

Quilometragem:

Placa:

Condição: Seminovo

Sob Consulta

Opcionais

Descrição

### item de colecionador Para Maiores informações entrar em contato conosco #### FIAT 147 1980/1980 na cor Amarela MOTOR - Cilindrada: 1.048 cm³. Taxa de compressão: 7,4:1. Potência máxima bruta: 57 cv a 5.800 rpm. Torque máximo bruto: 7,8 m.kgf a 3.800 rpm. O Fiat 147 foi o primeiro carro que deu início as atividades da Fiat no país em 1976. Ele também foi seu maior trunfo e mostrou que a gigante italiana não estava para brincadeira. Com 3,63 metros de comprimento, o Fiat 147 era cerca de 40 centímetros menor que o Volkswagen Fusca, e pesava menos, cerca de 800 quilos. O estepe do modelo era posto junto do cofre do motor, o que por sua vez liberava mais espaço no porta-malas, e facilitava a vida do motorista, caso em de uma viagem com o carro cheio, ele não precisaria descarregar o porta-malas, era somente abrir o capô e pegar o estepe. Seus bancos traseiros, eram do tipo rebatíveis, o que facilitava o transporte de objetos maiores, como é usado atualmente por grande parte dos modelos vendidos. Outro ponto interessante na construção do Fiat 147, era que o vidro do para-brisas, era laminado, o que facilitava em caso de colisões frontais, o vidro não se estilhaçaria. O motor era o 1.3 litro com 60 cavalos, o painel era o mesmo da versão Rallye e as rodas também vieram do modelo esportivo. O modelo ganhava sua primeira reestilização em 1980, sua nova frente mais alta e quadrada, chamada pela Fiat de Europa, tinha o capô mais elevado, grade com leve inclinação para frente, e agora as luzes de direção vinham do lado dos faróis principais. Mais uma renovação para o Fiat 147 era vista em 1983, tanto para o hatch quanto para a perua, a versão Spazio era uma versão de luxo. Novos faróis, bem maiores do que eram usados no modelo Europa e na grade as cinco barras laterais que viriam a ser a nova identidade do logo da Fiat. Ele saiu de linha em 1986, após 10 anos de produção e mais de 1 milhão de veículos produzidos, levando em conta suas derivações, e deixando um legado importante para seu sucessor, o Fiat Uno. O Fiat 147 foi o primeiro carro que deu início as atividades da Fiat no país em 1976. Ele também foi seu maior trunfo e mostrou que a gigante italiana não estava para brincadeira. Com 3,63 metros de comprimento, o Fiat 147 era cerca de 40 centímetros menor que o Volkswagen Fusca, e pesava menos, cerca de 800 quilos. O estepe do modelo era posto junto do cofre do motor, o que por sua vez liberava mais espaço no porta-malas, e facilitava a vida do motorista, caso em de uma viagem com o carro cheio, ele não precisaria descarregar o porta-malas, era somente abrir o capô e pegar o estepe. Seus bancos traseiros, eram do tipo rebatíveis, o que facilitava o transporte de objetos maiores, como é usado atualmente por grande parte dos modelos vendidos. Outro ponto interessante na construção do Fiat 147, era que o vidro do para-brisas, era laminado, o que facilitava em caso de colisões frontais, o vidro não se estilhaçaria.

Compartilhe!

dados de contato

Xingu, 652, São Bento, Bento Gonçalves - Rio Grande do Sul(54) 3451.6008 (54) 99972.6911

Segunda a Sexta das 8:00 às 11:45 e das 13:00 às 18:30. Sábados das 8:00 às 12:00.

faça sua proposta

Se está vendo esse campo não preencha